terça-feira, 14 de julho de 2009

Cuidado com o conformismo

Certa vez ouvi uma entrevista no rádio de um delegado aqui em Tubarão que dizia que eram registrados cerca de 100 furtos em veículos por mês. Pra ele este índice era considerado normal. Ou seja três carros arrombados por dia era coisa aceitável para uma cidade do nosso tamanho. Não lembro o nome do delegado e isso não vem ao caso, mas o que eu não concordo é com o conformismo. O normal tem que ser índice zero.

Agora duas reportagens publicadas no fim de semana mostram situações diferentes. De um lado os moradores das comunidades reclamam do tráfico de drogas. De outro, o delegado regional Renato Poeta afirma que a cidade é segura.

A pergunta que fica no ar é: segura para quem? Para os moradores da Passagem, de Oficinas, do Morrotes, do São João, que vivem trancados em casa como se estivessem numa prisão com medo dos traficantes e usuários que circulam livremente?

Segura para os vizinhos do presídio, no Humaitá de Cima, ou do Centro de Internação Provisória, o CIP no Bom Pastor, que convivem com as fugas freqüentes?

A policia, como disse o delegado Poeta, vem tentando fazer a sua parte dentro do que é possível, dentro do que a estrutura permite. E a gente até vê ação, prisões, apreensões de drogas. Mas não dá para se conformar. Não dá para ser derrotado pelo crime.

Por isso, a cobrança em cima da Policia Militar, da Policia Civil, dos responsáveis pela Segurança Pública vai continuar.

Por isso, a nova administração do CIP tem que se acostumar com as criticas e dar respostas para a sociedade. Como é que podem ocorrer tantas fugas em tão pouco tempo e ninguém vir a público esclarecer o que está acontecendo? Ninguém sabe de nada, ninguém aparece para falar.

Não dá para aceitar que uma cidade como Tubarão, dita tranqüila, tenha bairros e comunidades dominadas pelo medo. Se está assim quando tem cem mil habitantes, como vai ser quando ficar maior?

Categories

A Hora do Voto Acit Ada De Luca Aeroporto Regional Sul Alesc Amurel Arena Multiuso Armazém BR-101 Braço do Norte Brasília Câmara Capivari de Baixo Câmara de Braço do Norte Câmara de Criciúma Câmara de Grão-Pará Câmara de Gravatal Câmara de Imaruí Câmara de Imbituba Câmara de Jaguaruna Câmara de Laguna Câmara de Sangão Câmara de São Martinho Câmara de Tubarão Câmara dos Deputados Capivari de Baixo Carlos Stüpp CDL CDR Charge Debates DEM Deputados Desenvolvimento Diário do Sul Dilma Roussef DNIT Economia Edinho Bez Educação Eleições 1982 Eleições 1986 Eleições 1989 Eleições 1992 Eleições 1996 Eleições 1998 Eleições 2000 Eleições 2002 Eleições 2004 Eleições 2006 Eleições 2008 Eleições 2010 Eleições 2012 Eleições 2014 Facisc Governo Estadual Gravatal Imaruí Imbituba Impostos Indústria e Comércio IPTU Jaguaruna JBGuedes Joares Ponticelli Jorge Boeira José Nei Ascari Justiça Justiça Eleitoral Laguna Leis Meio Ambiente Obras Olávio Falchetti Partidos PCB PCdoB PCO PDS PDT Pedras Grandes PEN Pepê Collaço Pesca Pescaria Brava Pesquisas PHS PL PMDB PMDB Mulher PMN Política Porto de Imbituba PP PPA PPB PPL PPS PR PRB Prefeitos Prefeitura de Capivari de Baixo Prefeitura de Gravatal Prefeitura de Jaguaruna Prefeitura de Laguna Prefeitura de São Martinho Prefeitura de Tubarão Prefeituras Presídio Prona Propaganda partidária PRP PRTB PSB PSC PSD PSDB PSDC PSL PSOL PSPB PSTU PT PTB PTC PTdoB PTN PV Raimundo Colombo Rede Sustentabilidade Reforma Administrativa Reforma Eleitoral Reforma Política Reforma Tributária Reforma Universitária Rhumor Rio Tubarão Rizicultura Salários Saúde SDR de Braço do Norte SDR de Laguna SDR de Tubarão SDRs Segurança Senado Senadores Sociedade STF TCE TJ-SC Trânsito TRE Treze de Maio TSE Tubarão Turismo Unisul Unisul TV Vereadores