quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ajet empossa nova diretoria

A nova diretoria da Associação dos Jovens Empreendedores de Tubarão (Ajet) toma posse hoje à noite em evento no Hotel Sandrini, às 20h30min. O presidente Guilherme Gonçalves Pereira será reempossado no cargo. A entidade completa 21 anos em 2009 e continua engajando-se nas ações e causas que envolvam o jovem empreendedor dentro do cenário local, regional e até mesmo nacional.

Fundada em 1988 a Ajet já teve dentro de seus quadros nome como Alexandre Serafim, Eduardo Gonzaga Rocha, Glauco Caporal, Jéferson Brunatto, José Carlos Stüpp, Luiz Antônio Botega, Luiz Fernando Corbetta, Marcelo Rocha, Max Cesar Nunes e Murilo Bortoluzzi e que hoje despontam como lideranças da cidade.

Continue lendo...

Sumiço do dinheiro do Besc de Pedras Grandes repercute na Assembléia

Finalmente os deputados estaduais se manifestaram sobre o sumiço do dinheiro das contas de poupança do Besc de Pedras Grandes. A deputada Ada De Luca (PMDB) classificou a atitude e as declarações dos dirigentes do banco como “omissão e descaso”.

A parlamentar apresentou um requerimento solicitando que o banco esclareça o número de pessoas lesadas, o valor total subtraído das contas poupanças e os procedimentos adotados para solucionar o problema. Outro requerimento foi encaminhado ao Ministério Público estadual para que a instituição tome todas as medidas cabíveis a fim de garantir o direito dos clientes. Ambos foram aprovados em plenário.

Continue lendo...

Prefeitos pressionam e pedem por socorro

A ordem é apertar os cintos. Estudo realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) indica, a partir de estimativas sazonais e econômicas, que os municípios perderão R$ 8,1 bilhões do Fundo de Participação de Municípios (FPM) em 2009, comparando com o valor previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) e utilizado pela maioria dos prefeitos nas suas projeções de receita.

Enquanto isso os prefeitos pedem em Brasília a liberação imediata de recursos federais para compensar estas perdas. Tem gente até condicionando o sucesso da candidatura de Dilma Roussef à presidência em 2010, ao desempenho dela diante desta crise. Se o governo socorrer os municípios a candidatura decola.

A crise terá reflexos para todos. Sem dinheiro, governadores e prefeitos não terão como cumprir boa parte das promessas e assim vão ficar sem jeito para pedir votos para os seus candidatos.

Continue lendo...

SAC e as filas em bancos

Enquanto o Ministério da Justiça vai punindo as empresas que insistem em desrespeitar as novas regras do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), criadas no final do ano passado, em Tubarão, os bancos seguem desrespeitando os clientes com filas quilométricas e horas de espera.

Em quatro meses da nova regulamentação do SAC foram autuadas 374 empresas. Já com relação às filas nos bancos e demora nos atendimentos, ninguém informa nada. E o usuário continua esperando.

Continue lendo...

Google+ Followers

Seguidores